segunda-feira, 28 de agosto de 2017

[Resenha] Guardião (Neblina e Escuridão Vol.02) - Mari Scotti

Descontrolados,

          Trago hoje para vocês o segundo volume da trilogia Neblina e Escuridão, Guardião, escrito pela autora parceira Mari Scotti. Sugiro que quem ainda não teve nenhum contato com os volumes da série, que leia a resenha sobre o primeiro volume, Híbrida. Vamos lá então?!? E sem spoiler!!!!

SOBRE A OBRA: 

Guardião

Título: Guardião (Série Neblina e Escuridão Vol. 02)
Autor(a): Mari Scotti
Gênero: Fantasia/Literatura Nacional
Páginas: 366
Editora: Novo Século
Compre: Novo Século e Amazon
Sinopse: Ellene finalmente enfrenta o homem de seus pesadelos e descobre que eles têm mais em comum do que esperava. Ao mesmo tempo, o Guardião Millosh, determinado a recuperar sua rainha e a segurança de seu reino, se vê sozinho ao deparar-se com traições e precisa confiar em seu inimigo para continuar sua busca por respostas.Unidos pelo passado, Millosh e Ellene são surpreendidos por um sentimento poderoso, impossível... e inesquecível. A determinação deles será colocada à prova, bem como a lealdade à raça. E lhes resta apenas a coragem ao se deparar com as revelações que os aguardam. No segundo livro da destacada série Neblina e Escuridão, amor e consciência não deveriam seguir o mesmo caminho.
          Só para deixar bem claro antes de mais nada, é que estou torcendo muito para que vocês fiquem extremamente curiosos quanto a qual será o envolvimento entre Ellene e Milosh. Eu até já sei o que acontece, mas vocês precisarão ler para matar essa curiosidade!! Assim sendo, deixo um breve vídeo sobre ambos os personagens abaixo:


          Vamos enfim à resenha. Esse segundo volume continua exatamente onde o primeiro terminou. Ellene e Tom acabam se desentendendo um pouco por causa das recentes descobertas acerca das origens da moça, o que acaba deixando ambos confusos de como devem lidar com tudo isso e distanciando-os também ao mesmo tempo em que Ellene resolve dar um voto de confiança a Milosh já que seus caminhos cruzaram-se de forma avassaladora mesmo temendo-o no início.

"Não tinha certeza do que estava fazendo ou porque estava ajudando um vampiro ao invés de fazer o que foi criada para fazer: matá-lo. Ele a perseguiu em sonhos a vida toda, talvez por isso preferisse conversar, precisava entender. Deduziu."

          Esse temor deve-se ao fato de que desde quando ainda era uma criança, Ellene tinha grandes pesadelos em uma floresta cheia de névoas com olhos verdes profundos que a perseguiam e, por ironia do destino, Milosh é dotado com olhos incrivelmente verdes e, inicialmente, assombrosos. Com a convivência os dois percebem que de alguma forma seus destinos estão traçados juntos e resolvem ajudarem-se mutuamente a fim de solucionarem os mistérios que permeiam o sequestro de Elizabeth III.

"- Bem... Quando eu tinha uns cinco anos de idade, me perdi na floresta perto de casa. Meus pais ficaram apavorados tentando me encontrar - Olhou as próprias mãos. - Dormi chorando abraçada a mim mesma. É a primeira vez que me lembro de ter sonhado com você."

          Milosh está perdido sem saber em quem confiar diante de tantas intrigas e traições. Ellene não está em uma situação melhor pois descobriu-se híbrida, raça que junto com outros seres da noite como vampiros, aprendeu com seus pais adotivos e também toda a comunidade que vivia de lobisomens que devia odiar e caçar para manter o equilíbrio. Dessa forma, sente-se excluída dos que ama e não sabe se será aceita ou não a voltar.

"A garota ruiva, sua melhor amiga e paixão dos últimos anos, era uma mentira. Uma mentira que a família dela criou e eles mereciam ser penitenciados. Ela também."

          A híbrida tem muito o que aprender sobre sua condição recém descoberta e Milosh ajuda-a no que pode. Claro que nada será tão fácil como parece e muitos personagens serão inseridos na trama e dificultarão as ações de nossos queridos personagens em busca de respostas. Surgirão mais intrigas, muito mais traições e outro tanto de questionamentos. Se você está preparado para quebrar a cabeça, ter seu coração apertado com os acontecimentos e se encantar mais uma vez com Milosh, sugiro que não perca mais nem um minuto sem fazer essa leitura (mas claro termine de ler a resenha risos)!

"Uma rainha sequestrada que retorna do nada. Largada em uma praça sem pedidos de resgate e sem perguntar por sua filha. Um jornalista desaparecido... Uma casa abandonada. Uma casa que guarda algo muito importante para ter tantos vampiros vigiando. Uma casa que a própria rainha se esconde! Tinha certeza de que, de alguma forma, os fatos tinham alguma ligação."

         A escrita da Mari continua da mesma forma de sempre: envolvente e cativante, sendo sua obra apresentada em terceira pessoa pela percepção de Ellene e Milosh assim como também outros personagens que são inseridos no decorrer da trama. Preciso destacar que se já achava antes a escrita da autora muito boa, nesse volume percebo que ela aprimorou ainda mais seu dom nos trazendo o texto mais fluído com as descrições de cenas e ambientes e também no amadurecimento dos diálogos e personagens.
          Falando em ambientação, a obra continua sendo construída em localidades brasileiras como São Paulo e algumas cidades do interior (Itu e, se não me falha a memória, região próxima a Campinas também). Fico torcendo para quem sabe os próximos trabalhos da Mari cheguem um pouquinho mais longe - tipo em Dracena que é onde moro (risos) - porque acho ser uma forma maravilhosa de valorização do que temos. Acho que nunca mais passarei pelas estações do metrô em SP sem lembrar-me de um certo vampiro encantador em um de seus vagões!! Suspiros desenfreados nesse momento!!
          Achei esse segundo volume bem mais dinâmico, com muito mais ação e combates nos sendo descritos e, diante disso, algumas perdas de personagens queridos (autores sempre malvados nos fazendo sofrer). Se o primeiro livro eu devorei, nesse nem consegui respirar direito de tão afoita para continuar virando as páginas. Gostei do ritmo mais intenso e com uma pitada sensual que ele teve, além das tensões geradas a cada revelação.
          O final com certeza deixa um excelente gancho para o terceiro e último volume da série, Rainha. E para quem estava ansioso pelo desfecho da série, pode ficar tranquilo porque essa Bienal promete! Rainha será lançado no dia 01-09-2017 às 12:00 horas no estande da editora Novo Século e a Mari está preparando vários presentinhos para quem passar por lá e comprar!
         Creio que depois dessa rasgação toda de seda (elogios sem fim), não há dúvidas de que eu indique a obra para quem adora uma leitura cheia de traições e mistérios a serem desvendados e um toque de romance sendo inserido em meio a toda essa confusão.
          Ficaram animados com a resenha do segundo volume? Já o conheciam? Vão à Bienal este ano?

Bjux e até a próxima Descontrolados!

24 comentários:

  1. Michele! Cada resenha que leio me da mais saudade dessa trama! É uma alegria ler que você curtiu e que sentiu amadurecimento, tenho buscado muito por isso então, obrigada ♡. Espero que se sinta atraída por Rainha e que goste do final escolhido para os personagens. Obrigada pela dedicação! Espero muito sucesso ao seu blog, vc merece. Bj Mari

    ResponderExcluir
  2. Adorei o enredo! Ainda não li nada da Mari Scotti, mas com certeza vou adicionar esses dois livros à listinha. Adoro quando a trama é diferenciada!

    ~ Blog Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir
  3. Adoro todo tipo de livro que envolva vampiros menina, eu nunca li nada da Mari, mas vou adicionar ao skoob para que assim que possível comprar seus livros, pois a cada dia percebo que está a me conquistar fortemente.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bem?
    Menina te confesso que estou meio enjoada do tema vampiros mas por ser uma leitura nacional que eu até então não conhecia a autora talvez eu de uma chance a trilogia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oiee Michele ^^
    Estou feliz que logo o terceiro livro vai sair...haha' confesso que não sou muito fã de histórias com lobisomens, vampiros e coisas do tipo, mas você conseguiu me deixar curiosa...haha' Na verdade eu já conhecia a premissa dos livros e tinha lido algumas resenhas aqui e ali... Espero gostar.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  6. Oiii, não li a resenha para não ter spoiler rs, mas li suas considerações e fiquei feliz em saber que é um bom livro, tenho o primeiro mas ainda não li. Mas agora fiquei com muita vontade, já li em outra resenha que ela se inspirou em crepusculo então vou amar rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Michele
    Que bom que curtiu também esse volume, e espero que gosta tanto assim do terceiro.
    Gosto de uma pegada de romance com mistério e outros elementos, mas confesso que não tenho muita vontade de ler essa série. Quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adoro vampiros! Bastou dizer que tem esse ser já quero ler, lobisomens até ficam em segundo plano rs
    Mas puxa! Tinha que ser série? Eu não dou conta de jeito nenhum!
    Amei ler sua resenha. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Michele, a Mari me fez ficar até as 2 da madrugada acordada por conta deste livro e deste casal!!!! E agora estou devorando A Rainha...kkkk
    Foi uma torcida e tanto para tudo que foi lado, mudei os casais e estou torcendo para que dê certo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  10. Oiee! Eu amei as capas dos livros, mas fantasia não me atrai mais os olhos. Se fosse uns anos atrás, com certeza eu leria. Mas que bom que você ta gostando tanto e que bom que é um nacional.

    ResponderExcluir
  11. Olá,ótima resenha. Que bom saber que esse segundo volume, pelo que parece, consegue ser ainda melhor que o primeiro. Me parece que é uma leitura com um ritmo muito bom, daquelas que não queremos parar de ler.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Gostei muito da sua resenha, mas no momento o tema vampiros não está me chamando a atenção. Quem sabe no futuro?
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  13. Nossa parece ser ótimo!!! Eu não conhecia essa obra e fiquei muito curiosa depois da sua resenha.
    Muito obrigada por esse resenha.

    Um beijo

    http://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Escrita envolvente e cativante, num enredo ambientado no Brasil e depois de toda essa 'rasgação de seda'(rsrsrs), é claro que fiquei curiosa e querendo conhecer a Mari e seus livros. Um ponto que chamou muito minha atenção foi sobre o fato dela ter aprimorado a escrita, gosto de acompanhar isso num autor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi Michele!

    Realmente a escrita da Mari é bem envolvente. Eu já li esse livro um tempo atrás e com sua resenha lembrei perfeitamente da história, pois gostei mais do Guardião do que Híbrida. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Menina, tô aqui louca para conhecer a escrita da autora depois de ler esta resenha repleta de empolgação.

    Ainda não tive a oportunidade de ler o início da série, até então eu nem estava tão afim de ler, mas agora fiquei com a sensação de que estou perdendo tempo e deveria já ter conhecido estes personagens tão marcantes.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Tudo bom?
    Nossa parece uma narrativa incrível, eu não conhecia, mas já estou atrás do primeiro porque fiquei encantada.
    Parabéns pela resenha, ficou maravilhosa.
    beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  18. Estou vendo bastante resenha sobre esse livro.
    Conheço a autora mas não conhecia a obra.
    Achei legal conhecer um pouco da obra aqui no seu blog.

    Beijos!

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  19. "Uma rainha sequestrada que retorna do nada. Largada em uma praça sem pedidos de resgate e sem perguntar por sua filha. Um jornalista desaparecido... Uma casa abandonada. Uma casa que guarda algo muito importante para ter tantos vampiros vigiando. Uma casa que a própria rainha se esconde! Tinha certeza de que, de alguma forma, os fatos tinham alguma ligação."

    Esse trecho em especial já me ganhou! A resenha toda então, impossível ler sem ficar morrendo de curiosidade! Adorei!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Michele!
    Que bom saber que a escrita da autora continua a mesma nessa continuação. Eu sempre tenho medo de a história desandar, mas felizmente, este não foi o caso por aqui.
    Percebi o quanto foi uma boa leitura para você, mas não sei se leria este e o primeiro, pelo menos não neste momento.
    Não poderei ir à Bienal... E eu já ouvi falar bastante da autora, mas nunca cheguei a ler nada dela.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  21. Olá! Eu amo livros que nos envolvem de tal maneira que nos faz lê-los em pouquíssimo tempo! Livros que me fazem devorá-los merecem mil estrelinhas rs
    Já li resenhas dessa série e todas foram positivas, por isso quero ler sobre esse universo, porém por hora vou deixar a dica passar, pois minha lista de leitura está enorme e encaixar uma série me faria flopar na meta de 2017. De qualquer forma a dica está anotadíssima!
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
  22. Essa é a primeira resenha escrita que vejo desse livro (se não me engano), mas aind anão sei se fui convencida.
    Acho vampiros os seres sobrenaturais mais legais e maravilhosos que já inventaram, mas li tanto sobre o gênero por volta de 2009 - 2012 que acho que entrei em uma ressaca eterna. kkkkkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oie
    muito legal sua resenha, não sei se o tema em si me atrai muito mas ainda assim parece ser um enredo bem instigante, então irei indicar para alguns amigos

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oie amore,

    Que capa arraso é essa.
    Mais no momento não tô pra ler livros de vampiros e lobisomens, por isso vou passar a dica dessa vez.
    Mas confesso que quero muito ler algo da Mari, vejo muitos comentários positivos sobre ela!

    Beijokas!

    ResponderExcluir